Alimentos para o Cérebro e Memória

Alimentos para o Cérebro e Memória. Os alimentos que você ingere desempenham um papel fundamental para manter seu cérebro saudável e podem melhorar atividades mentais específicas, como memória e concentração.

Seu cérebro comanda

T.U.D.O

Como o centro de controle do seu corpo, ele é responsável por manter o coração batendo e os pulmões respirando e permitindo que você se mova, sinta e pense.

É por isso que é prudente manter seu cérebro em perfeitas condições de trabalho.

Os alimentos que você ingere desempenham um papel fundamental para manter seu cérebro saudável e podem melhorar tarefas mentais específicas, como memória e concentração.

Este artigo lista alguns alimentos que irão impulsionar o seu cérebro.

Alimentos para o Cérebro e Memória

Café

Dois componentes principais do café – que ajudam o cérebro : a cafeína e os antioxidantes.

A cafeína do café possui vários efeitos positivos para o cérebro, como:

Aumenta o estado de alerta: a cafeína mantém o seu cérebro alerta, bloqueando a adenosina, um mensageiro químico que deixa você com sono.

Melhora o humor: A cafeína também pode estimular alguns dos seus neurotransmissores do tipo “sentir-se bem”, como a serotonina.

Aumenta a concentração: Um estudo descobriu que quando os participantes tomavam um café pela manhã ou em quantidades menores ao longo do dia, eles eram mais eficazes em tarefas que exigiam concentração.

Beber café com frequencia também está ligado a um risco reduzido de doenças neurológicas, como Parkinson e Alzheimer.

Isso pode ser em parte devido à alta concentração dos antioxidantes do café.

Alimentos para o Cérebro e Memória

Amoras

Fornecem inúmeros benefícios para a saúde, incluindo alguns que são especificamente para o seu cérebro.

Amoras e outras frutas vermelhas possuem antocianinas, um tipo de composto vegetal com efeitos

antiinflamatórios e antioxidantes.

Tanto a inflamação quanto os radicais livres, contribuem para o envelhecimento cerebral e doenças neurodegenerativas.

Descobriu-se que alguns dos antioxidantes encontrados nas Amoras se acumulam no cérebro e ajudam a melhorar a comunicação entre as células cerebrais.

Estudos em animais mostraram que as Amoras ajudam a melhorar a memória e podem até atrasar a perda de memória recente.

Tente inclui-los em seu cereal matinal ou adicioná-los a sucos e vitaminas.

Alimentos para o Cérebro e Memória

Cúrcuma❄Açafrão 

Este tempero amarelo-escuro é um ingrediente-chave no pó de curry e tem vários benefícios para o cérebro.

Verificou-se que a curcumina, o ingrediente ativo da cúrcuma, entra diretamente no cérebro, beneficiando as suas células.

É um potente composto

antioxidante

e anti-inflamatório

que tem sido associado aos seguintes benefícios cerebrais:

Beneficia a memória: a curcumina pode ajudar a melhorar a memória das pessoas com Alzheimer. Ela também ajuda a limpar as placas amilóides que são uma característica da doença.

• Auxilia na depressão: ela aumenta a serotonina e a dopamina, que melhoram o humor. Um estudo descobriu que a curcumina melhora os sintomas de depressão tanto quanto um antidepressivo em seis semanas.

Ajuda no crescimento de novas células cerebrais: A curcumina estimula o fator neurotrófico derivado do cérebro, um tipo de hormônio do crescimento que ajudam as células do cérebro a crescer. Pode ajudar a retardar o declínio mental relacionado à idade, contudo mais pesquisas são necessárias.

Para colher os benefícios da curcumina, tente cozinhar com curry em pó, acrescentando açafrão a pratos de batata para torná-los dourados ou fazer chá de açafrão.

Brócolis

O brócolis possui compostos vegetais poderosos, incluindo antioxidantes.

Muito rico em vitamina K, fornecendo mais de 100% da Ingestão Diária Recomendada (RDI) em uma porção de 1 xícara (91 gramas).

Essa vitamina lipossolúvel é essencial para a formação de esfingolipídios, um tipo de gordura que é densamente compactada nas células do cérebro.

Alguns estudos em idosos associaram uma maior ingestão de vitamina K a uma melhor memória.

Além da vitamina K, o brócolis contém vários compostos que lhe conferem efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes, que podem ajudar a proteger o cérebro contra danos.

Sementes de Abóbora

As sementes de abóbora contêm poderosos antioxidantes que protegem o corpo e o cérebro dos danos provocados pelos radicais livres.

São uma excelente fonte de magnésio, ferro, zinco e cobre.

Cada um desses nutrientes é importante para a saúde do cérebro:

Zinco: este elemento é crucial para a sinalização nervosa. A deficiência de zinco tem sido associada a muitas condições neurológicas, incluindo a doença de Alzheimer, depressão e doença de Parkinson.

Magnésio: O magnésio é essencial para a aprendizagem e a memória. Baixos níveis de magnésio estão ligados a muitas doenças neurológicas, incluindo enxaquecas, depressão e epilepsia.

Cobre: seu cérebro usa cobre para ajudar a controlar os sinais nervosos. E quando os níveis de cobre estão fora de sintonia, há um risco maior de distúrbios neurodegenerativos, como a doença de Alzheimer.

Ferro: A deficiência de ferro é frequentemente caracterizada por confusão mental e função cerebral prejudicada.

A pesquisa se concentra principalmente nesses micronutrientes, em vez de sementes de abóbora em si. No entanto, como as sementes de abóbora são ricas desses micronutrientes, você pode colher seus benefícios adicionando sementes de abóbora à sua dieta.

Alimentos para o Cérebro e Memória

Chocolate Negro

Chocolate preto e cacau em pó   possuem propriedades que melhoram  o cérebro, incluindo flavonóides, cafeína e antioxidantes.

Os flavonóides são um tipo de composto vegetal antioxidante.

Os flavonóides do chocolate se concentram nas áreas do cérebro que lidam com a aprendizagem e a memória. Os pesquisadores dizem que esses compostos podem melhorar a memória e também ajudar a retardar o demência mental relacionado à idade.

De fato, uma série de estudos confirmam  isso.

Em um estudo que incluiu mais de 900 pessoas, as que comiam chocolate mais frequentemente se saíam melhor em uma série de tarefas mentais, incluindo algumas que envolviam memória, do que as que raramente comiam.

O chocolate também é um estimulante legítimo, de acordo com a pesquisa.

Um estudo descobriu que os participantes que comeram chocolate experimentaram sentimentos positivos aumentados, em comparação com os participantes que comeram biscoitos.

Ainda há muitas pesquisas nesta área.

Alimentos para o Cérebro e Memória

Nozes

A pesquisa mostrou que comer nozes pode melhorar a saúde do coração, e ter um coração saudável está ligado a ter um cérebro saudável.

Uma revisão de 2014 mostrou que as nozes podem melhorar a cognição e até mesmo ajudar a prevenir doenças neurodegenerativas.

Além disso, outro grande estudo descobriu que mulheres que comiam nozes regularmente ao longo de vários anos, tinham uma memória mais nítida do que aquelas que não comiam nozes.

Vários nutrientes nas nozes, como gorduras saudáveis, antioxidantes e vitamina E, podem explicar seus benefícios para a saúde do cérebro.

A vitamina E protege as membranas celulares dos danos causados pelos  radicais livres, ajudando a diminuir a demência mental.

As nozes possuem uma vantagem extra, uma vez que também fornecem ácidos graxos , ômega-3.

12 Frutas para Ajudar no Câncer
12 Frutas para Ajudar no Câncer

Laranjas

Você pode obter toda a vitamina C que você precisa para um dia ,comendo uma laranja média.

Isso é importante para a saúde do cérebro, já que a vitamina C é um fator-chave na prevenção do demência mental.

Comer quantidades suficientes de alimentos ricos em vitamina C pode proteger contra a doença de Alzheimer, de acordo com um artigo de revisão de 2014.

A vitamina C é um poderoso antioxidante que ajuda a combater os radicais livres que podem danificar as células cerebrais. Além disso, a vitamina C suporta a saúde do cérebro com a idade.

Você também pode obter excelentes quantidades de vitamina C de pimentão, goiaba, kiwi, tomate e morango.

Alimentos para o Cérebro e Memória

Chá Verde

Como é o caso do café, a cafeína do chá verde aumenta a função cerebral.

De fato, descobriu-se que melhora o estado de alerta, o desempenho, a memória e o foco.

Mas o chá verde também tem outros componentes que o tornam uma bebida saudável para o cérebro.

Um deles é a L-teanina, um aminoácido que pode atravessar a barreira hemato-encefálica e aumentar a atividade do neurotransmissor GABA, que ajuda a reduzir a ansiedade e faz com que você se sinta mais relaxado.

A L-teanina também aumenta a frequência das ondas alfa no cérebro, o que ajuda a relaxar sem que você se sinta cansado.

Uma revisão descobriu que a L-teanina no chá verde pode ajudá-lo a relaxar, neutralizando os efeitos estimulantes da cafeína.

Também é rico em polifenóis e antioxidantes que  protegem o cérebro da demência  mental e reduzem o risco de Alzheimer e Parkinson.

Além disso, descobriu-se que o chá verde melhora a memória.

Por Kerri-Ann Jennings

Authority Nutrition

Ecowatch 

 

Saude Integral e Holistica

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.